Domingo, 20 de Janeiro de 2008

Dados históricos da Graça

Aqui deixo mais umas curiosidades da nossa freguesia retiradas do livro do Padre Hélio, onde podemos constatar que a freguesia da Pousa já esteve anexada a Padim da Graça.

 Por ele se vê que a igreja da Reguela em 1760 ainda tinha vida própria. Santa Cristina de Algozo estava anexa a S. Adrião de Padim da Graça em termos paroquiais. A Igreja da Pousa em 1548 já era no mesmo sítio de agora. O Livro de Usos e Costumes ainda fazia dis­tinção entre os habitantes de Algoso da Pousa e os de Reguela, quanto aos direitos paroquiais. A freguesia de Pousa tinha os limites actuais. A Reguela nesta ocasião, já era um simples lugar.

    O Livro de Usos e Costumes de Padim da Graça de 1707 (na época conhecida como S. Adrião de Padim) fala da Pousa, referindo-se lá que o Abade da Igreja de S. Adrião de Padim e da sua anexa Santa Cristina da Pousa pagava anualmente um total de quarenta e oito alqueires de milho branco ao Reverendo do Cabido da Sé de Braga, vinte e quatro alqueires por cada uma. Além disso pagava ao Arcediago de Braga cento e vinte reis por S. Adrião de Padim e cento e vinte reis por sua anexa S. Cristina da Pousa, de colheita anualmente.
    Na obrigações do Mordomo da Cruz menciona-se aqui S. Salvador no final da p. 4:
«para o funeral é obrigado «a dar recado aos freg.es na quella meia freguezia onde está do Salvador, ou de S.to Adrião para irem acompanhar os de­funtos».
    Em 1707 a freguesia de Pousa estava anexa à Graça em termos paroquiais.
    Neste Livro menciona-se várias vezes a fregue­sia extinta de Salvador, pertencente ao Couto de Tibães, como o Livro dos Usos da Pousa se referia à de Salvador da Reguela, também apenas como lugar.
 
Bibliografia: P.e Hélio Gomes Ribeiro, "Pousa Sta Cristina - Reguela S. Salvador", 1979.  

             
sinto-me:
música: 'Hino da Graça'
publicado por Filipe Costa às 01:09
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De nuno silva a 22 de Janeiro de 2008 às 21:33
Muito bom...
Demonstra que ainda existem pessoas que fazem alguma coisa com algum valor na nossa Terra.
Pena que a maior parte das pessoas que nela habitam sejam ignorantes e não valorizam este tipo de acções.
Aguardo por mais noticias...
Um abraço


De Filipe Costa a 22 de Janeiro de 2008 às 22:57
Obrigado pelo incentivo.Continuarei a publicar aqui aquilo que eu ache de interesse publico.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.arquivos

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Abril 2012

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.posts recentes

. As contas (des)aprovadas ...

. Festa de Nª. Sra. da Graç...

. O famoso Grilo.

. Liberdade de expressão.

. Festa da Sra. da Graça 20...

. Padim da Graça em chamas

. Graça é festa

. Festa da Sra da Graça Onl...

. 'Auto do baile dos Reis'

. A Graça é linda

.links

.frases célebres

.TEMPO

.contador

Servicio de tráfico web
blogs SAPO

.as minhas fotos